Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. Não é intenção prejudicar alguém com a divulgação das fotos em questão nem tão pouco lucrar com as mesmas. O email de contacto está disponível no perfil .
Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob Licença Creative Commons
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Amor, amor ...

 

 

 

 

 

 

O amor é um animal selvagem

ele respira-te, procura-te
faz um ninho de corações partidos
e caça quando há beijos e velas
chupa com força os teus lábios

 escava túneis entre as tuas costelas
Cai suavemente como neve
Primeiro é quente, depois frio, depois dói

Amor, amor ...
todos te querem domar
amor, amor ... no fim
preso entre os teus dentes

o amor é um animal selvagem
morde, arranha e pontapeia na minha direcção
segura-me firmemente com mil braços
e arrasta-me para o seu ninho
onde me devora por completo
para me vomitar anos depois
cai suavemente como neve
Primeiro é quente, depois frio, depois dói

Amor, amor ...
todos te querem domar
amor, amor ... no fim
preso entre os teus dentes
o amor é um animal selvagem
Cais na sua armadilha

olha-te nos olhos

fascinado quando o seu olhar te atinge ...

por favor ...

por favor ...

Dá-me veneno

 

 

Rammstein

 

 

 

Nota : A tradução é minha pode não ser a mais correcta.

 

 

 


deixado aqui por J.C. às 21:19
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Bichana a 26 de Agosto de 2008 às 11:33
Fabuloso. Gostei Jmack, o amor é mesmo isso tudo...
Bjnhos


De J.C. a 26 de Agosto de 2008 às 12:44
Rammstein tem letras fantásticas ...

eu acho ... que o amor é aquilo que tiramos dele
logo para uns é bom ... para outros não

um abraço

jmack


De Lyra a 26 de Agosto de 2008 às 12:05
Por trás da mais desconcertante candura está sempre um animal selvagem!

Que a pedra ganhe asas!

Beijinhos e até breve.

;O)


De J.C. a 26 de Agosto de 2008 às 12:42
Lyra ... é sempre bom ver-te por aqui .

um abraço

jmack


De pingodemel a 26 de Agosto de 2008 às 12:33
olá Jmack

o amor é isso e muito mais... talvez o amor não se defina apenas se sinta :)

abraço


De J.C. a 26 de Agosto de 2008 às 12:45
ás vezes nem se devia sentir ... devia se como a religião talvez ... quem tem fé acredita ...

um abraço

jmack


De adnirolfpa a 26 de Agosto de 2008 às 14:14
"Primeiro é quente, depois frio, depois dói"
é muito estranha esta definição mas faz pensar...se faz.
E, mais ainda quando dizes que não se devia sentir...apenas ter fé...
beijinho


De J.C. a 29 de Agosto de 2008 às 12:14
quando se tem fé ... não se questiona ...

um abraço

jmack


De ρøετïṡα αṉαṡøɾ a 26 de Agosto de 2008 às 14:26
Eu gosto de Rammstein , é assim uma banda que nunca perco de vista.
Sabes ? As letras deles sempre me disseram muito e esta não é excepção .

Amor é veneno que entrelaça o coração com correntes e borboletas de aço .
Amor é liberdade com dois fios presos ...tu e a tua alma .

De resto não há mais contornos .


De J.C. a 29 de Agosto de 2008 às 12:17
agradeço a tua visita, volta sempre ... um abraço
não há uma definição de amor porque teria que haver uma para cada um de nós ...

um abraço

jmack


De Subjectividades a 26 de Agosto de 2008 às 15:11
Oi jmack

Esta banda tem uns poemas que fazem pensar!!
O amor....é isso tudo que aí está escrito mas também pode ser o inverso de tudo isso!
depende sempre daquilo que sentes daquilo em que acreditas e daquilo que queres para ti!
Quem disse que a verdade não dói também??

Um abraço


De J.C. a 29 de Agosto de 2008 às 12:19
prefiro a dor da verdade à anestesia da mentira ...

um abraço

jmack


De Júlia a 26 de Agosto de 2008 às 16:53
Boa, essa ideia de traduzir as letras de Rammstein.
É uma forma de dar mais valor à banda.
Fica bem.


De J.C. a 29 de Agosto de 2008 às 12:22
obrigado ... acho que é uma forma das pessoas perceberem que não são apenas mais uma banda que faz apenas barulho, o que dizem ... diz-me qualquer coisa a mim.

um abraço

jmack


De Paula Albuquerque a 27 de Agosto de 2008 às 01:02
Meu coração perdeu vários pedaços ao longo do caminho e até hoje não sei acredito no amor, mas acredito na poesia...

"A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem."
Pablo Neruda


De J.C. a 29 de Agosto de 2008 às 12:27
e escolheste a poesia de alguém que como poucos acreditou no amor e o partilhou com o mundo.

um abraço

jmack


Comentar post

Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob Licença Creative Commons

Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30


o que eu digo

Não tenho sono ... aturem...

Amanhã ...

8000

Alguém escreveu assim ......

O cemitério dos sonhos

Algum dia havia de ser .....

É só para dizer ...

O vazio

Equipamento

O 25 ...

posts recentes

1 Ano

Sigma 10-20mm 1º ensaio

na esquina ...

está aí alguém ?

tão longe ...

prenda para mim ...

gata 2

gata 1

Filtro 6

Filtro 5

Filtro 4

chaminé

Filtro 3

Já se foram todas ...

Filtro 2

Filtro 1

Não tenho sono ... aturem...

sonhos em infravermelho 8

sonhos em infravermelho 7

os que não partiram 7

os que não partiram 6

lágrima

para comentar nº 24

espanto

para comentar nº 23

livres

golfinhos

retrato

uma morte, uma vida ...

depois da chuva

os que não partiram 5

somewhere

queimado

café

elevador da bica

sonhos em infravermelho 6

um caminho

passagem

Os pássaros

Longe

chuva

Azul

Pessoas ...

Preto e Branco

gnoma

11 de setembro

não basta

Piano

Amanhã ...

I dont care ...

outros tempos

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

tags

todas as tags

por onde ficar

procurar por aqui

 

Galeria

badge

contadores

View blog authority
hit counter

jmack


ver perfil

seguir perfil

. 38 seguidores

subscrever feeds