20 comentários:
De pingodemel a 5 de Agosto de 2008 às 14:14
olá jmack
alguém escreveu assim e escreveu muito bem, aliás já te tinha dito que acho que escreves muito bem...
...mas tens razão ás vezes não nos conseguimos afastar do que nos doi porque achamos que apesar de doer ainda pode fazer sentido...
um abraço


De J.C. a 6 de Agosto de 2008 às 08:16
e assim se explica ... o que não tem explicação ...

um abraço mel

jmack


De Subjectividades a 5 de Agosto de 2008 às 14:38
Olá Amigo!
Se alguém escreveu assim foi porque alguém escreveu assim??
Largar a corda ou não só depende de nós bem no fundo de nós sabemos sempre a resposta, chegar lá é que não é fácil!
Gostei imenso deste post!

Abraço


De J.C. a 6 de Agosto de 2008 às 08:20
saber a resposta é facil ... chegar lá tambem

agir ! tomar acção ... isso talvez seja o mais dificil ...

abraço

jmack


De Emanuela a 5 de Agosto de 2008 às 23:13
Lindo, lindíssimo!!!
Vou adicioná-lo aos meus favoritos
Beijinhos


De J.C. a 6 de Agosto de 2008 às 08:22
obrigado emanuela ...
favoritos ? talvez seja demais não ?

abraço

jmack


De Emanuela a 27 de Novembro de 2010 às 00:14
Hoje voltei a ler e não achei que foi demais adicionar aos favoritos! É mesmo lindo,sentido!
Tomara que tenhas superado a dor...
Parabéns!


De J.C. a 27 de Novembro de 2010 às 12:59
O que te posso dizer é que a vida continua sempre e o tempo passa sempre ... um dia as coisas estão longe e no outro voltam aqui para perto.

abraço

Jmack


De Emanuela a 4 de Dezembro de 2010 às 12:13
E eu, o que posso te dizer é que gostei de te rever por aqui. Sei como são estas coisas de "um dia as coisas estão longe e no outro voltam aqui para perto".Também sinto muito isto.

Beijinhos amigo. Bom te ver!



De Gaja a 5 de Agosto de 2008 às 23:46
Bonito poema.

O mundo não acaba...poderá até tornar-se melhor. É uma questão de paciência.

Gosto das tuas fotos.
Gosto das tuas palavras.
Gosto de ti.

Bj da Gaja


De J.C. a 6 de Agosto de 2008 às 08:37
Obrigado Gaja ...

Obrigado por tornares este mundo um bocadinho melhor. Um beijo, um abraço ... e sei lá que mais.

Também gosto de ti ... é uma questão de paciência.


jmack




De adnirolfpa a 6 de Agosto de 2008 às 17:05
as "cordas" a que nos ligamos para a sobrevivencia mental, são sempre cordas feitas de dor e de magoas, por vezes de erros e de arrependimentos, mas, são essas "cordas" que nos mantém á tona da agua que vai turbulenta e de corrente forte. Nem sempre larga-las é o melhor.
Gostei muito, mesmo muito de te ler.
Continua a gravar na pedra os teus sentimentos.
É uma das formas de exorciza-los.
Beijinho


De J.C. a 26 de Setembro de 2008 às 13:21
muito obrigado


um abraço

jmack


De Fisga a 19 de Setembro de 2008 às 17:34
Olá: Nas minhas voltas e revira voltas, encontrei, li e não resisti a tanta beleza. Então Resolvi fazer duas coisinhas. A primeira, dizer que é um poema com uma mensagem cheia de um conteúdo muito pertinente, mas real. Segundo, Não podia deixar de adicionar aos meus favoritos, porque sou fanático por poesia, e diga-se em abono da verdade, um poema desta craveira, merece divulgação. Um abraço.


De J.C. a 20 de Setembro de 2008 às 03:19
obrigado pelo comentário e pela visita ...

são só palavras ... mas muito obrigado

jmack


De Júlia a 22 de Setembro de 2008 às 14:02
Quem? Quem escreveu?
Magnífico.


De J.C. a 26 de Setembro de 2008 às 13:22
acho que fui eu ...

um abraço

jmack


De inezteves a 26 de Setembro de 2008 às 08:11
Demais...
Não tive força pra largar,mas arrebatarram-me das mãos!
Talvez se tivesse lido antes, teria mais orgulho agora!


De J.C. a 26 de Setembro de 2008 às 13:23
o orgulho morre cedo ...

abraço

jmack


De Maraísa a 25 de Junho de 2010 às 21:07
Olá jmack
postei sua poesia no meu blog
*-*
se quiser que eu a retire entre em contato comigo no meu blog


Comentar post