Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. Não é intenção prejudicar alguém com a divulgação das fotos em questão nem tão pouco lucrar com as mesmas. O email de contacto está disponível no perfil .
Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob Licença Creative Commons
Domingo, 16 de Março de 2008

dependência 3




Lembrei-me disto hoje, porque voltei a fotografar a fábrica abandonada com a minha nova máquina fotográfica, há coisa de uma semana ou duas vi... é melhor começar de outra maneira...




podem ver outras fotos desta série nos links em baixo

dependência 1 ; dependência 2


É melhor começar por dizer que trabalho num estabelecimento comercial onde atendo o publico, todo o tipo de pessoas, já lá trabalho há uns anos, e vejo a evolução das pessoas e das suas vidas. Evolução que nem sempre é positiva... há uma semana ou duas vi uma rapariga que não via há algum tempo, durante anos sempre me chamou a atenção por ser muito bonita, não sei se conhecem a sensação de olharem para alguém e pensarem que está completamente fora de alcance seja qual for o motivo, via-a quando ela lá ia com o namorado que depois se tornou marido, vi-a grávida ... vi-a com o filho bebé Comecei a vê-la com outras pessoas, eu sei que não se deve julgar pela aparência mas vou dizer de aparência duvidosa, comecei a ver o marido ir sozinho mais vezes, mas também com ela principalmente para utilizarem o multibanco, comecei a vê-la com algumas pessoas... dependentes de drogas... vi-a andar noites inteiras para trás e para a frente de telemóvel na mão... á espera... roendo as unhas e fumando cigarro atrás de cigarro. E vi-a há pouco tempo... bonita como sempre, de pele lisa e maquilhada... mas mal vestida, com um cheiro desagradável e de mãos sujas de negro, já sem o filho... e desta vez acompanhada por um homem magro, de aspecto semelhante, a rapariga arrastando o andar com movimentos lentos e olhar vazio sem brilho lá fez o que tinha a fazer e saiu. Já passou algum tempo, mas ainda dou comigo a pensar... como se chega a este ponto ? Uma pessoa que me parecia ter tudo para ser feliz, vejo-a agora assim, por um lado revolta-me ver as pessoas desperdiçarem a oportunidade de serem felizes, mas... não conheço os motivos se é que os há mas e mesmo assim quem sou eu para julgar ? Finalmente dou comigo a pensar... será que se alguém falar com ela a consegue fazer ver que o caminho não é este... ser á que se alguém a lembrar do filho, ela pára e pensa em lutar contra a dependência da droga ? Será que quando eu a vir de novo, se lhe disser que não é bom o rumo que est á a tomar ela pensa nisso e muda alguma coisa ? Apesar de tudo o que sei acerca de tóxico-dependência ... drogas e tudo mais, custa-me compreender... como se passa tudo para segundo plano e a droga para primeiro...  podia alongar-me aqui em motivos e explicações ... e dificuldades e problemas... mas não me apetece sinceramente, e quanto mais penso nisto, menos compreendo e mais me irrita ver as pessoas desperdiçarem-se assim.


Não gosto de fotografar pessoas, mas gostava de o fazer a esta rapariga porque a sua beleza... não vai durar muito mais...



se quiserem comentar... façam-no mas não me tentem explicar... acho que é mais fácil de aceitar se não houver explicação e for uma das coisas que simplesmente acontecem, como tantas outras na vida ... daquelas em que o  unico comentário possível é dizer ... " é a vida ".





jmack


deixado aqui por J.C. às 03:19
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De samueldabo a 16 de Março de 2008 às 07:58
Gostei da sua reflexão. Gostava de saber se aquilo que sentiu, seria por ser uma mulher bonita, ainda, ou já esbarrou noutras situações, um jovem, ou um velho/a de 30 anos.
Faz-me acreditar que vale a pene continuar.


De J.C. a 16 de Março de 2008 às 10:59
obrigado pela visita e comentário. no meu local de trabalho infelizmente... todos os dias se "esbarra" com situações semelhantes

http://poraquifico.blogs.sapo.pt/33505.html

um abraço

jmack


De Bichana a 16 de Março de 2008 às 15:19


De J.C. a 19 de Março de 2008 às 11:01
pois ...


jmack


De emanuela a 17 de Março de 2008 às 01:43
Não dá mesmo para explicar. Mas gostei tanto das tuas falas que apeteceu-me vir comentar. Porque tantas vezes esta pode ser uma das maneiras de desistir da vida.
Um abraço.


De J.C. a 19 de Março de 2008 às 11:01
não considero que seja uma forma de desistir da vida ... talvez deixa-la de lado.

obrigado pela visita

jmack


Comentar post

Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob Licença Creative Commons

Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30


o que eu digo

Não tenho sono ... aturem...

Amanhã ...

8000

Alguém escreveu assim ......

O cemitério dos sonhos

Algum dia havia de ser .....

É só para dizer ...

O vazio

Equipamento

O 25 ...

posts recentes

1 Ano

Sigma 10-20mm 1º ensaio

na esquina ...

está aí alguém ?

tão longe ...

prenda para mim ...

gata 2

gata 1

Filtro 6

Filtro 5

Filtro 4

chaminé

Filtro 3

Já se foram todas ...

Filtro 2

Filtro 1

Não tenho sono ... aturem...

sonhos em infravermelho 8

sonhos em infravermelho 7

os que não partiram 7

os que não partiram 6

lágrima

para comentar nº 24

espanto

para comentar nº 23

livres

golfinhos

retrato

uma morte, uma vida ...

depois da chuva

os que não partiram 5

somewhere

queimado

café

elevador da bica

sonhos em infravermelho 6

um caminho

passagem

Os pássaros

Longe

chuva

Azul

Pessoas ...

Preto e Branco

gnoma

11 de setembro

não basta

Piano

Amanhã ...

I dont care ...

outros tempos

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

tags

todas as tags

por onde ficar

procurar por aqui

 

Galeria

jmack


ver perfil

seguir perfil

. 38 seguidores

subscrever feeds