11 comentários:
De dramasebanalidades a 25 de Abril de 2008 às 11:47
Uma análise muito realista mesmo!
Eu acho que o pós 25 de Abril virou um drama recheado de banalidades!
E sinceramente não diria que estamos pior mas que não estamos bem isso não!

Obrigada por passares no meu canto. E seja o que for.... Viva o 25.


De J.C. a 25 de Abril de 2008 às 13:24
é isso mesmo ... seja como for Viva o 25 !

um abraço

jmack


De R.Cheiros a 25 de Abril de 2008 às 11:55
Servi-o quanto mais não seja para para que possas estar aqui a escrever a tua opinião .Já é muito bom não te parece?
Não te quero contradizer em varias das coisas que comparas mas não posso deixar de te dizer que não estas assim tão informado.
Pedofilia sempre houve e em tão grave escala como agora (tenta informar-te do caso balle rose) a guerra do ultramar não fazia o mínimo sentido ,hoje vão para esses países todos que estas a citar com uma grande diferença ,asseguro-te que nenhum é obrigado são todos voluntários e pagos para isso.
O Benfica também não ganhava sempre : recordo-te os 5 violinos que se bem te lembro eram do Sporting e foi uma época de ouro.
«há pobreza extrema como antes, há desemprego em números nunca vistos,»
Não te parece estranho que brasileiros ,crotas ,etc etc arranjem emprego em Portugal?? Vais a qualquer estabelecimento e lá estão eles… muitos portugueses não estão porque nem tudo lhes serve é mais fácil lamentar-se e esperar por o rendimento mínimo ou fundo de desemprego.
Antes do 25 de Abril estávamos fechados ao mundo , um pais com a maior taxa de analfabetos da Europa , era bom para nos controlar.
Hoje tens acesso a tudo ,desde a estudar a viajar, depende de ti fazeres por isso.
Quanto aos domingos ,é um dia como outro qualquer e em qualquer pais civilizado se trabalha aos domingos não somos só nós.

E para terminar, que me conste ainda ninguém é torturado ou preso por falar contra o regime… ( lá chegaremos dizes tu..) não se as pessoas se lembrar o valor real que teve o 25 de Abril
Desculpa o testamento é só o que eu penso.
Beijo


De J.C. a 25 de Abril de 2008 às 14:10
Ena ena ... alguém ficou aborrecido com um post feito de forma irónica e acaba por dizer quase o mesmo que eu de forma mais séria.

Oh minha senhora ... primeiro nao precisa de pedir desculpa por dizer o que pensa, afinal o 25 também passou por aqui !

Não acho nada estranho que brasileiros e croatas consigam trabalho, uma vez que as condições em que o fazem são muito diferentes das que os portugueses ganharam o direito de exigir com o tal dito 25 de abril, ou queria que os portugueses aceitassem o trabalho nas condições em que os outros o aceitam ? Está a querer dizer que a culpa é dos portugueses por não se sujeitarem a ordenados de miséria e dias de 16 horas de trabalho ??? ora isso faz lembrar algo ... ah já sei faz lembrar o antes do 25. Ora que mais ... conheço perfeitamente o caso ballet rose ... por isso mesmo digo que há pedofilia como antes do 25 de abril ... Então a guerra colonial não fazia o minimo sentido ? ... diga isso a quem morreu lá por fazer o seu trabalho sim porque não tenha dúvidas que o trabalho de um militar é a guerra e é para isso que é treinado. Então as outras guerras fazem sentido ? hummm ok ! Por saber que os militares de hoje são voluntarios e bem pagos lhe digo que hoje pedem para ir para os cenarios de guerra quando antes não queriam lá estar. Diz que ninguém é torturado por dizer mal do governo ... claro que não são torturados fisicamente mas diga isso aos professores e outros que são alvo de processos disciplinares por terem comentários menos bondosos em relação ao primeiro ministro... ou mesmo ao patrão já agora para que quer o governo a lista dos grevistas senão para os torturar psicologicamente e impor medo ?

minha senhora o meu post foi feito de forma irónica e para mostrar que para além do obvio e da "liberdade" que se tem hoje, muitas coisas continuam parecidas. E nem sequer estou a comparar as obvias ... segurança, criminalidade ... etc.

como tudo ... é uma questão de opinião

jmack




De R.Cheiros a 25 de Abril de 2008 às 16:21
Ora ora… alguem ficou aborrecido por um simples comentário. ( que não sei se diz o mesmo)

Podia começa por escrever: Oh meu rapaz …. Não tens que responder de forma agressiva ( afinal se disse o mesmo…

Mas prefiro começar por lhe dizer que estou a responder como responderia a outro alguém que desse resposta a um comentário meu.

Precisei de 2 pessoas para trabalhar num determinado serviço. Depois de muito procurar e não aparecer ninguém resolvi recorrer ao (fundo de desemprego) . Não sei se sabe mas de qualquer das formas passo a explicar: todos os candidatos enviados pelo por eles( fundo de desemprego) faz-se acompanhar por um questionário onde a entidade empregadora tem que explicar no caso de os recusar. Isto tudo para lhe dizer que dos 8 que apareceram todos sem excepção me disseram : Para ganhar o ordenado mínimo prefiro estar como estou que tenho menos chatices …Acho que ilustra uma parte do que disse no meu comentário.E já agora é muito mais sensato trabalhar e ganhar pouco do que passar fome. Tenho dois familiar mortos nas ex colónias e pertenço de uma família de militares no activo e de (carreira)portanto por ai não sei o que quer que lhes pergunte..? A diferença é que antes do 25 de Abril eram obrigados hoje fazem os possíveis para ter uma cunha que lhe facilite a possibilidade de ir. A diferença esta na liberdade de escolha, percebe o que eu queria dizer..? Ora não me diga que o trabalho de um militar é a guerra e é para isso que é treinado…? Olhe que ninguém diria ! ( também posso ser irónica, espero..) Nenhuma guerra faz sentido mas existem diferenças entre estar a ocupar um pais a ajudar um povo a defender-se ,digo eu. E as guerras infelizmente ou felizmente não são feitas pelos militares mas por quem não tira o dito cujo da secretaria.

Quanto aos professores acho que devem ser avaliados sim! E diga-me o nome do primeiro que sofreu as tais reprezalias que os órgãos de comunicação tanto apregoa?

Não defendi aqui uma única instituição mas já que falou nelas também posso dar a minha opinião estou num pais livre , posso não o fazer no seu blogue caso você não queira mas é sempre livre de apagar o comentário.

Sim, muitas coisas continuam parecidas.. principalmente o modo como algumas pessoas julgam as outras.. não me pareceu a sua resposta tão irónica como o comentário

Oh meu senhor, e não dei eu outros exemplos que poderia rebater os seus.(é preciso ter sentido de humor)

como tudo ... é uma questão de opinião.

Muito boa tarde e bom feriado.


De J.C. a 26 de Abril de 2008 às 02:48


Apagar o seu comentário ? não compreendo o motivo pelo qual esperava ver o seu comentário apagado, aliás como lhe disse de inicio não são necessárias desculpas por dizer o que pensa e não vejo publicidade no seu comentário não o apago uma vez que só rejeito comentários com publicidade.

Responder de forma agressiva ? Bem a noção que temos de violência deve ser diferente bem como a opinião em relação a outras coisas. Se se refere ao " minha senhora " trato toda a gente assim ... pode verificar noutros blogs ou mesmo no meu. Se ficou ofendida terei todo o gosto em a tratar pelo seu nome próprio.

Em relação ao assunto sobre o qual se comenta, também eu tive familiares a lutar nas ex-colónias, felizmente não morreram lá ... mas decerto mataram lá. Em relação ao irem obrigados a partir do momento em que são militares é algo a que se está sujeito, e tenho a certeza que cumpriram ordens sem hesitar quer os seus familiares quer os meus.

Não falei em avaliação de professores mais uma vez há aqui um mal entendido. Em relação ás represálias quer o nome do primeiro ? ... bem creio sem certezas que o senhor se chamava Fernando Charrua e foi suspenso das suas funções. Dias antes das manifestações de professores elementos da policia judiciária deslocaram-se aos sindicatos e pediram as listas dos manifestantes não acha estranho ? No meu próprio sindicato que nada tem a ver com o dos professores, aquando da greve geral a policia pediu a lista das pessoas que iam fazer greve... a senhora acha isto normal, para um país que se diz " livre " ?

Em relação aos orgãos de comunicação não os apregoei como diz no seu comentário mas posso dar-lhe um exemplo, o jornal 24 horas viu serem apreendidos computadores e documentos dos seus jornalistas pela policia judiciária não só na sua redacção bem como em suas casas particulares.

Em relação á guerra fala em ajudar um povo a defender-se ... não sei de que conflicto fala em especifico, mas o ultimo motivo pelo qual as tropas vão para um país estrangeiro é defender as pessoas se me disser defender interesses e ficar bem vistos junto de certos países para daí retirar regalias posteriormente ... talvez, se durante essa missão ajudarem as pessoas ... sim de facto fica sempre bem no telejornal.


Mas mais uma vez ... tudo é uma questão de opinião a senhora tem direito á sua, raramente a vou ver por aqui mas fique descansada que nunca será censurada aqui.

Por mais que se repita uma mentira ela não se torna verdadeira ... mesmo que toda a gente acredite nela.

Eu escolho as mentiras em que quero acreditar ...


até á próxima

jmack


De Júlia a 26 de Abril de 2008 às 18:44
E biba!!!
O 25 de Abril... e o 10 Junho... e o S. João... e o Sto. António... e o S. Pedro...
Peace and Love para toda a gente!!!!

Não gosto de falar de coisas sérias...

Bom fim de semana amigo.


De Júlia a 26 de Abril de 2008 às 18:45
Ah! Já me esquecia! Bela foto!


De J.C. a 26 de Abril de 2008 às 19:18
muito obrigado

ás vezes é preciso falar de coisas sérias...

um abraço

jmack


De Bichana a 28 de Abril de 2008 às 15:48
Adorei o tom mordaz, irónico e verdadeiro do teu post! 5 estrelas!!! Subscrevo-o!
Bjnhos


De J.C. a 29 de Abril de 2008 às 01:28
obrigado bichana

um abraço

jmack


Comentar post